15 de novembro de 2011

|| Leituras ||

"Numa época em que Portugal está mergulhado na maior crise dos últimos cem anos, há uma ilha lusitana onde os piratas são invisíveis, mas o dinheiro desaparece.

Sabia que a PepsiCo, Dell, Swatch, American British Tobacco e muitas outras multinacionais usam o offshore da Madeira para fugir aos impostos?

SUITE 605 é a maior investigação realizada sobre a Zona Franca da Madeira. O autor de Revelações regressa para nos oferecer um cocktail explosivo que conta a história secreta de centenas de empresas que cabem numa sala de 100m2.

Uma pesquisa exaustiva a milhares de páginas de documentos classificados e o acesso a informação confidencial das empresas que nos últimos 17 anos desenvolveram negócios na Zona Franca da Madeira, ajuda-nos a destapar o véu de opacidade e a conhecer o inferno fiscal que deixa 30% da população da Madeira a viver abaixo do limiar da pobreza.

Conheça os sofisticados esquemas contabilísticos para escapar aos impostos sem infringir a lei. Veja com os seus próprios olhos como se praticam crimes ambientais na Rússia usando 351 "barquinhos de papel" que passaram no offshore da Madeira e deixaram o Ministério das Finanças a "ver navios". Saiba tudo sobre o financiamento de partidos políticos envolvendo um processo de mega evasão fiscal em Itália com o epicentro no Funchal. Reconheça a verdadeira identidade dos donos das empresas fantasma que não têm trabalhadores, não produzem riqueza, não pagam impostos, mas apresentam lucros fabulosos. Saiba quem são os super-gestores que administram centenas de empresas.

Nos últimos anos, a Madeira perdeu 900 milhões de euros devido às exportações fictícias que inflacionaram artificialmente o PIB. SUITE 605 é o mapa geo-referenciado da maior "burla legal" que esvaziou os cofres públicos.

Os piratas e terroristas fiscais continuam à solta. Mas agora sabemos quem são."

Suite 605 de João Pedro Martins

3 comentários:

pinguim disse...

Deve ser interessante.

Mike disse...

João, e tendo como cenário aquele "país tropicau", como protagonista aquele grande actor...deve ser muito interessante mesmo.

um coelho disse...

Sabia que o Yahoo e a Paypal já tinham tido sede fiscal na Madeira. Os paraísos fiscais são um problema grave que se coloca à politica fiscal, mas enquanto continuarem a existir (Madeira, Liechtenstein ou Ilhas Caimão)vão continuar a 'desaparecer' milhões de dolares e euros que podiam servir para fazer o mundo um sítio um bocadinho melhor.